Cante alentejano será candidato a Património da Humanidade

O cante alentejano vai ser candidato a património cultural da humanidade da UNESCO em 2012.

A ideia surgiu de um desafio lançado pelo embaixador Fernando Andresen Guimarães ao Presidente da Câmara Municipal de Serpa, João Rocha, e ao Turismo do Alentejo.

A comissão de honra integra o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, o Primeiro-Ministro Pedro Passos Coelho o bispo do Porto D. Manuel Clemente, presidente do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian, Rui Vilar e o presidente da Delta Cafés, Rui Nabeiro.

À semelhança do que aconteceu com a candidatura do fado, a comissão científica é liderada pelo musicólogo Rui Vieira Nery.
O programa de promoção e divulgação da candidatura incluirá um filme documental do realizador Sérgio Tréfaut, exposições, conferências, concursos fotográficos e concertos.


O projeto vai ser apresentado no dia 30 de Março de 2012, na sede da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em Paris (França).

Publicidade