Avó espancada por seis mulheres dentro numa escola em Beja

escola.jpgA encarregada de educação e avó de uma aluna do 9º ano da escola Básica de Santa Maria, em Beja, foi violentamente agredida por um grupo de seis mulheres dentro do estabelecimento de ensino.

Arminda Canário preparava-se para ir apresentar queixa de agressões e insultos sofridos pela neta, quando foi surpreendida, à porta do conselho executivo, por um grupo de seis ou sete mulheres.

Em declarações ao 24 horas, Arminda Canário disse «Estava encostada a uma secretária quando vejo entrar de rompante um grupo de seis ou sete mulheres. Começaram logo a bater, nem me deram tempo para abrir a boca»

O espancamento só parou quando um funcionário da escola chegou e a socorreu, explicou a vitima, que sofreu traumatismo craniano e torácico.

A PSP foi chamada ao estabelecimento de ensino, mas quando chegou as mulheres já tinham abandonado o local.

Publicidade